7/31/2011

Poema tirado de comentários no youtube



Aí esse que morreu já dá pra ver o sangue escorrendo lá ela matou bem o bem mata bem os dois favelados pena que um correu um inútil a menos pra sociedade parabéns à polícia brasileira ela queimou pelas costas podia ter estourado a cabeça a bala entrou nas costas você quase ouve o pipoco até fico de pau duro pensando no barulho de osso de favelado preto se arrebentando mas a cabeça é muito pequena o certo é meter fogo na nuca que mulher mais corajosa quero me casar com essa dona primeiro ela chupa o cano do revolver depois nem precisa comentar né se todo policial fosse assim seria mais gostoso é cada vagabundo que merece se regenerar é no inferno ainda bem quase esburacou a costela de porco que tava ali ali ó no balcão podia ter pipocado a melancia que prejuízo a sociedade mas foi só o lado esquerdo da costa do vagabundo bandido tem mais é que morrer não interessa por onde a bala entra eu trabalho pra dar balas pros meus filhos porra só quem critica a Heroína é Zé ruela os dois favelados nem sabem onde carregar a arma são dois incompetentes que andam de chinelo foi uma ação de legítimo ataque ela só errou na tática devia ter metido a bala no cérebro do primeiro comido a massa cinzenta espalhada no chão metido bala no segundo e pegar o sangue ainda quente pra fazer uma panelada ao molho pardo pra servir no jornal nacional de qualquer jeito é um vagabundo a menos não tem que dar voz de prisão a voz do povo é a voz de deus e está provado que deus é canibal

3 comentários:

Sayegh disse...

foi certo? foi errado?

Daniel F disse...

oi, acho que isso nem se discute. a montagem que fiz é pra trazer à tona o fascismo da fala comum, no youtube.
infelizmente, a polícia brasileira é extremamente violenta e assassina e quase sempre opera em estado de exceção. não vejo como achar uma coisa dessas certa.

Aldemar Norek disse...

é por aí Daniel.São dois acontecimentos: um o evento em si, e outro o fascismo que os comentários (uma narrativa) expressa.
Bem sacado!